Amamentação

A amamentação é boa tanto para a mãe quanto para o bebê.

RECOMENDAÇÃO PESSOAL

  • Essa recomendação está alinhada com a OMS, que recomenda que os lactentes sejam exclusivamente amamentados durante os primeiros 6 meses e até os 2 anos ou mais, juntamente com alimentos complementares adequados.

  •  A amamentação exclusiva é definida como fornecer ao bebê apenas leite materno (incluindo o leite materno que foi ordenhado ou proveniente de uma ama de leite) e nada mais: nenhum outro líquido ou alimentos sólidos, nem mesmo água. No entanto, permite que a criança receba solução de reidratarão oral, gotas ou xaropes de vitaminas, minerais, suplementos ou medicamentos
     

JUSTIFICATIVA

Há fortes evidências de que a amamentação ajuda a proteger a mãe contra o câncer de mama. Ter sido amamentado ajuda a proteger as crianças contra o excesso de peso, o sobrepeso e a obesidade.

O excesso de gordura corporal durante a infância tende a acompanhar a vida adulta e está associado a menarca precoce em meninas, o que, por sua vez, aumenta o risco de vários tipos de câncer. 

A amamentação protege o desenvolvimento do sistema imunológico imaturo e protege contra infecções e outras doenças na infância. Além disso, é importante para o desenvolvimento do vinculo entre mãe e filho.